Serviço Social

Duração média: 4 anos

Um serviço de inclusão social

A palavra que resume bem o objetivo e a missão da pessoa formada em Serviço Social é inclusão. Engana-se, no entanto, quem pensa que o profissional serve apenas para participar de programas sociais. Há um protagonismo e uma responsabilidade muito grandes, pois ele deve buscar a intervenção e a mudança social, sempre considerando a justiça e os direitos humanos como pano de fundo.

O assistente social, como é chamada a pessoa que se forma em Serviço Social, aprende a planejar e a executar políticas públicas, seja de governos ou empresas. Esse planejamento pode ser, por exemplo, em campanhas de alimentação ou em ações em penitenciárias para reintegrar  jovens marginalizados. Ou seja, mais do que fazer o bem, o profissional investiga e planeja as melhores formas de mudar a sociedade na prática.

Apesar de o estudo e a implementação de políticas públicas terem âmbito global – costumam ser planos propostos pelos governos federal e estadual -, ações de Serviço Social em municípios tem duas grandes responsabilidades: garantem uma melhor aplicação dentro do contexto local e trazem insumos práticos para melhorar a inclusão em outros lugares.

Perfil do profissional

Mais do que estudar os contextos sociais que levam ao abandono e à exclusão, quem se forma em Serviço Social tem um contato intenso com a prática. Formular e implementar propostas para enfrentar esses problemas é o foco do profissional. Por isso, é preciso que a pessoa seja:

  • Engajada com causas sociais
  • Crítica com os impactos de ações públicas
  • Apaixonada por implementar soluções

serviço social

Áreas de atuação

Com o tema da responsabilidade social cada vez mais latente, muitas empresas estão criando núcleos próprios de Serviço Social. Um dos objetivos tem sido implementar programas de saúde, lazer e segurança no trabalho. Outro foco na relação com os empregados é a orientação de direitos sociais e trabalhistas.

Outro tema bastante caro ao Serviço Social é a proteção à criança e ao adolescente. Governos e institutos de pesquisa se preocupam bastante com o desenvolvimento de projetos que garantam direitos e estrutura para jovens em situação de vulnerabilidade social.

Disciplinas

Os quatro anos de faculdade são voltados para a compreensão e a análise da realidade social do Brasil e do mundo, sempre sob uma perspectiva histórica, crítica e, é claro, propositiva. A grade traz sociologia, antropologia, teoria política, filosofia e economia. Há muito trabalho em campo e disciplinas de estágio obrigatório. Veja as principais cadeiras:

  • Antropologia
  • Sociologia
  • Serviço Social e Política
  • Geografia Humana e Econômica
  • Psicologia Social
  • Estratégias de Intervenção em Serviço Social
  • Legislação e Direitos Sociais
  • Estágio Obrigatório
  • Gestão e Controle Social

Links úteis