Duração média: 6 anos

Aprendendo a lidar com a vida e a morte

O médico tem como objetivos a manutenção e a restauração da saúde humana. É seu desafio promover o bem estar físico e psicológico dos pacientes em todas as etapas de suas vidas. Existem muitas possibilidades dentro da Medicina, principalmente com as especializações. No entanto, após formado, o médico já pode atuar como clínico geral em clínicas ou postos de saúde.

O curso de Medicina é o mais concorrido em todas as universidades em que está presente. Apesar de tantos formados – o Brasil possui um médico para cada 549 brasileiros, número maior do que o recomendado pela OMS, que é de 1 para 1000 pessoas -, a distribuição desses profissionais pelo país é bastante desigual. Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), sete de cada dez médicos formados atuam nas regiões Sul e Sudeste. No Rio de Janeiro há um profissional para cada 289 habitantes, enquanto no Maranhão cada 1848 pessoas dispõem de um médico.

Após concluir a graduação, praticamente todos os médicos tentam fazer residência – uma etapa que confere ao profissional o título de especialista. Como o número de formandos é maior que o das vagas oferecidas na residência, há exames de admissão, que chegam a ter concorrência parecida com a do vestibular. Nesse período, que dura de dois a quatro anos, trabalha-se em média 60 horas por semana.

A carreira em Medicina é promissora, principalmente em consultórios particulares. A maioria dos médicos que traçam esse caminho conseguem salários muito bons. Mas vale lembrar que a grande recompensa do jaleco não é financeira, mas sim a chance de poder diminuir o sofrimento das pessoas.

Perfil do profissional

Além de muito estudioso, o profissional de Medicina precisa ter:

  • Paciência
  • Dedicação
  • Disciplina
  • Equilíbrio emocional
  • Facilidade em lidar com situações de estresse
  • Calma

Áreas de atuação

O profissional da Medicina pode atuar na clínica geral, na cirurgia, na pediatria, na ginecologia e na saúde pública. Com o domínio dos procedimentos nas cinco grandes áreas da profissão, é possível trabalhar em diversos níveis de atendimento do sistema de saúde, como hospitais públicos ou privados, além de gerenciar clínicas. Após a graduação, há a possibilidade de especialização com residência médica nas mais variadas áreas, como endocrinologia, ortopedia, neurologia, etc.

Disciplinas

O currículo dos cursos de Medicina geralmente é dividido em três partes: básico, profissionalizante e internato médico. No início do curso os alunos estudam a estrutura e o funcionamento do corpo humano, com aulas práticas e teóricas. Depois, aprendem a examinar os pacientes e a diagnosticar e tratar doenças genéricas.
Entre as disciplinas estão:

  • Introdução ao estudo da Medicina
  • Saúde da criança
  • Interação comunitária
  • Saúde e Sociedade
  • Anatomia
  • Filosofia, ética e humanismo

Links úteis


Fatal error: Class 'WC_Shortcode_Products' not found in /home/vestibular/webapps/site/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/woocommerce/classes/products-renderer.php on line 8