Ciências Contábeis

Duração média: 4 anos

O contador de grandes patrimônios

Engana-se quem pensa que o contador, profissional formado em Ciências Contábeis, já não é mais tão querido no mercado quanto no passado. A recente onda de empresas interessadas em abrir o capital e oferecer ações em bolsas de valores, por exemplo, fez com que os famosos demonstrativos de lucro (relatórios publicados periodicamente por empresas de grande porte) ganhassem um peso estratégico para a captação de investimentos.

A elaboração desses relatórios exige uma capacidade analítica e um conhecimento que a faculdade de Ciências Contábeis oferece como nenhuma outra. O objetivo do curso é ensinar a analisar o patrimônio das entidades e identificar os principais fenômenos dentro das empresas e as condições de mercado que interferem nos resultados. Como não é segredo que o lucro é o que há de mais precioso para o empresário, o contador torna-se indispensável para a sua análise e melhoria em grandes empresas.

Além disso, esse é um momento interessante para se pensar em fazer Contabilidade. Além da demanda por análise e produção de demonstrativos – área conhecida como Contabilidade Gerencial – existe uma carência de profissionais no mercado. Apesar de haver quase 500 mil contadores registrados, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) afirma que as 1,2 mil faculdades de Ciências Contábeis não estão dando conta de suprir o déficit de profissionais. Ou seja, se você entrar com paixão, vai se destacar facilmente.

Perfil do profissional

Nos últimos anos, a Contabilidade se tornou uma das profissões que mais crescem no país. No entanto, a demanda trouxe mais responsabilidade. Um dos grandes espaços é a área tributária, que exige minuciosidade na hora de levantar dados. Assim, se você pensa em se aventurar no mundo contábil, avalie antes se você tem as características abaixo, que vão ajudar – e muito! – a se dar bem na carreira:

  • Busca por precisão
  • Interesse por leis
  • Curiosidade sobre as áreas de uma empresa
  • Gosto por negócios

Áreas de atuação

Agora que você já conhece as inovações no campo da Contabilidade, vamos falar das áreas mais tradicionais. Um contador pode trabalhar com auditoria, fiscalizando as contas de uma empresa e conferindo se os balanços e os registros estão corretamente inseridos nos livros contábeis. Parece pouco, mas são esses livros que a Receita Federal usa para avaliar se a empresa pagou os impostos corretamente.

Além da Contabilidade Gerencial, surgiu recentemente a Contabilidade Ambiental, focada em melhorar o desempenho da empresa em relação ao meio ambiente. Também há a área de controle e perícia, na qual o responsável por essa atividade coordena operações fiscais e financeiras de empresas privadas e públicas, e o tradicional acompanhamento no que tange ao pagamento das verbas trabalhistas e tributárias.

Disciplinas

As Ciências Contábeis estão na área social e têm muitas disciplinas compartilhadas com a Economia, a Administração e o Direito. Nos primeiros anos, aprende-se muita coisa básica dessas outras faculdades, além de sociologia e português. Disciplinas focadas na formação técnica vêm logo depois, como contabilidade financeira, teoria da contabilidade e planejamento. Aulas de legislação específica para as Ciências Contábeis também aparecem na etapa final. Confira algumas das principais disciplinas do curso:

  • Introdução à Administração
  • Introdução ao Direito
  • Teoria Econômica
  • Matemática Financeira
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Estatística
  • Contabilidade de Custos
  • Análise Macroeconômica e Microeconômica
  • Contabilidade Societária
  • Contabilidade Governamental
  • Administração Financeira

Links úteis