Você sabe qual é seu perfil de estudo? Saiba identificar o seu!

Ser aprovada ou aprovado no Enem ou no vestibular é o sonho de muitos estudantes, mas também é um grande desafio. Isso porque depende de muita disciplina e de comprometimento nos estudos, o que nem sempre é fácil, especialmente considerando a ansiedade que o momento costuma trazer para a vida. Nesse sentido, identificar seu perfil de estudos pode facilitar uma parte do processo.

Isso porque um dos fatores que ajuda nessa época tão intensa é o autoconhecimento. Saber usar seus pontos fortes para ajudar você durante os estudos é essencial para garantir que sua motivação não se desgaste ao longo do ano.

Perfil de estudo

Você já deve ter ouvido professores falando sobre “alunos que são mais visuais, outros que são mais auditivos…”. Isso porque cada estudante tem um perfil diferente de estudo!

Há quem prefira estudar com vídeos na internet, enquanto outras pessoas preferem ler livros de papel, ou precisam ler em voz alta e fazer anotações. Isso já indica que cada um está automaticamente optando pela forma de estudo que se ajusta à própria personalidade.

Reconhecer o seu perfil é o primeiro passo para ajustar o seu método de estudo de modo a facilitar o aprendizado. Pensando em ajudar você a descobrir um bom método, apresentaremos alguns perfis com dicas de estudo para que você analise e descubra qual é o seu!

Auditivos

Este é o perfil da(o) estudante que necessita de silêncio para conseguir se concentrar nos estudos. Um ambiente tranquilo, sem interferências de barulhos ou de pessoas entrando e saindo é ideal.

Para ajudar alunas e alunos auditivos na memorização dos conteúdos, é recomendável falar em voz alta o que foi estudado e repetir quantas vezes for necessário. Não tenha vergonha de “falar sozinha(o)”: imagine-se conversando com um(a) futuro(a) universitário(a).

Graças à evolução da tecnologia, existem várias maneiras de estudar por meio de livros em áudio, podcasts ou mesmo videoaulas. Uma música bem baixinha pode “dar um up” na sua concentração, se não for atrapalhar, claro!

Visuais

Alunas e alunos que têm esse perfil costumam memorizar os conteúdos com uma facilidade incrível. Têm memória fotográfica e, portanto, a melhor forma de estudar é por meio de slides, textos, gráficos, enfim, tudo o que for visual.

Assim como os auditivos, esse grupo também adora um silêncio e um ambiente bem tranquilo. Então considere como opções de locais para estudar é o quarto, escritório, biblioteca ou até mesmo a natureza, contanto que haja tranquilidade e paz.

Uma dica é produzir textos, fichamentos, resumos e cartazes para facilitar a memorização. Mapas mentais também são uma excelente ideia.

Cinestésicos

Ler e ouvir não são o suficiente para esse grupo. Estudantes com esse perfil precisam estar em contato com o conteúdo, preferencialmente de forma prática.

Essas pessoas são normalmente classificadas como “elétricas” ou “agitadas”, e estão o tempo todo se movimentando e resolvendo questões. Por isso, para ajudar nos estudos, o objetivo é transformar a teoria em algo real.

A dica para que essas(es) alunas(os) tenham um bom desenvolvimento nos estudos é colocar a mão na massa, fazer experimentos, realizar atividades e até mesmo viajar. Fazer experiências práticas sobre os conteúdos é o que ajuda esse aluno no aprendizado!

E se você está pensando que “não tem tempo” para isso em ano de Enem ou vestibular, não se engane. Cinestésicos precisam de movimento, e isso é algo que você pode fazer até sentada(o) na biblioteca. Deixa a criatividade sair: enumere listas com os dedos, mexa um braço de cada vez quando estiver comparando conceitos, associe passos de dança a referenciais teóricos. Vale de tudo! O importante é perceber qual o “gatilho” da sua memória e apostar suas fichas nisso.

Mais dicas de estudo

Se você é do tipo auditivo, possivelmente vai preferir os conteúdos que estão em formato de áudio, como os vídeos e os podcasts. Se for do tipo visual, vai optar pelas imagens, gráficos, tabelas, vídeos com esquemas e textos. E, por fim, se for cinestésico vai querer usar situações práticas para aprender.

Existem pessoas que são como na série Divergente e conseguem ser os três perfis ao mesmo tempo. Nesses casos, você pode combinar técnicas, mas o ideal ainda é estimular habilidades específicas em cada situação.

Para descobrir qual é o seu perfil, pratique todas as formas até encontrar qual traz os melhores resultados para você. Existem testes que ajudam a descobrir qual o método mais eficaz para o seu perfil.

Lembre-se: apenas saber qual é o seu perfil de estudante não vai aprovar você no Enem ou no vestibular. Descubra o seu perfil, siga as dicas de estudo, comece a planejar uma rotina o mais rápido possível e tenha organização!

Gostou do post e quer acompanhar as nossas atualizações? Então curta a nossa página no Facebook e siga a gente no Instagram para ficar por dentro das novidades!