ProUni abre inscrições para bolsas do segundo semestre de 2019

Quem tem interesse em bolsas de estudo pode se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni) entre 11 e 14 de junho. No segundo semestre de 2019, são 169 mil bolsas de estudos para cursos de graduação, das quais 68 mil são integrais.

Ao todo, 110 instituições de ensino superior particulares oferecem vagas em 33,8 mil cursos de graduação para bolsistas ProUni. As inscrições serão realizadas exclusivamente online.

Requisitos

Neste ano, interessadas(os) em se inscrever no ProUni precisam ter tirado nota mínima no Enem 2018 de 450 pontos na média das quatro áreas do exame, além de ter pontuação superior a zero na redação.

Podem concorrer às bolsas integrais estudantes com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais de 50% do valor da mensalidade, a renda familiar bruta mensal pode ser de até três salários mínimos por pessoa.

>> Saiba tudo sobre o ProUni

Para ambos os tipos de bolsas de estudos do ProUni, é pré-requisito ter cursado o Ensino Médio integralmente em escola pública, ou com bolsa integral em escola privada. Professores da rede pública podem concorrer a bolsas em cursos de Licenciatura. Pessoas com deficiência também podem se inscrever no ProUni.

Onde estão as bolsas

O curso de Administração é o que mais terá bolsas do ProUni no segundo semestre de 2019, com 17 mil bolsas. Elas são divididas quase igualmente: 8,1 mil integrais e 8,8 mil parciais.

Pedagogia é a segunda graduação com mais oportunidades, com 13,3 mil bolsas. Em terceiro lugar, com 10,8 mil bolsas, vem o curso de Ciências Contábeis.

Resultados

O resultado da primeira chamada do ProUni está previsto para o dia 18 de junho de 2019. Aprovadas e aprovados devem confirmar a documentação a partir da mesma data, com prazo máximo até 25 de junho.

A segunda chamada deve sair no dia 2 de julho, segundo o cronograma oficial, com confirmação de documentos até 8 de julho. A lista de espera sai entre 15 e 16 de julho, com aprovações divulgadas no dia 18 de julho.