Macetes ajudam a decorar os países membros do Mercosul

O Mercosul é um dos acordos econômicos que mais caem no Enem e nos vestibulares. Isso ocorre, em partes, porque o Brasil é um dos membros associados do bloco.

O nome Mercosul significa Mercado Comum do Sul, mas aí já está a primeira pegadinha. Conceitualmente, o bloco não é um mercado comum.

Prepare-se para o Enem 2019!

Receba aulas, dicas e temas de redação para a próxima prova

* preenchimento obrigatório
 

Plano de Estudos para o Enem 2019

Saiba o que estudar a cada semana em uma agenda organizada e fácil de usar. Mais fácil que isso, só a agenda do tempo de colégio 😉 Veja o cronograma

Tipo de bloco econômico

Bloco econômico, como o nome já indica, é um bloco formado por dois ou mais países com um objetivo econômico. Esse tipo de acordo pode ser de três tipos.

O Mercosul começou como zona (ou área) de livre comércio (ZLC). Isso significava que havia redução de tarifas na compra e venda de produtos entre os países membros.

Em 1995, o Mercosul tornou-se o segundo tipo de bloco econômico, chamado de união aduaneira. “Aduana” significa alfândega, ou seja, o setor encarregado de cobrar impostos, nas fronteiras, dos produtos que entram e saem de um país — importações e exportações.

Em uma união aduaneira, não apenas há livre circulação de produtos, como também de pessoas. Além disso, na união aduaneira existe a chamada TEC, sigla para Tarifa Externa Comum.

A TEC é uma forma de os países do bloco econômico nivelarem as relações comerciais com países de fora do bloco. Com a TEC, as tarifas cobrados dos demais exportadores é única para todos os membros do Mercosul.

O terceiro tipo de bloco é o mercado comum propriamente dito, em que os países têm, além de pessoas e produtos, a livre circulação de serviços, bens e capitais.

Não é assinante?

Estude com a gente!

Macete para o Mercosul

O Mercosul foi criado em 1991, com a assinatura do Tratado de Assunção. Inicialmente, o bloco era composto por quatro países, chamados de signatários: Paraguai, Argentina, Uruguai e Brasil.

Para lembrar desses países, que são os primeiros membros plenos do Mercosul, há um macete:

PAU-Brasil

P – Paraguai     A – Argentina     U – Uruguai

O nome da árvore originária do nosso país, e que é a origem do nome Brasil, permite saber os quatro signatários sem pensar muito! Além disso, se você lembrar que Assunção é a capital paraguaia, fica fácil de saber também o nome do documento que criou o Mercosul.

Não é assinante?

Estude com a gente!

Membros plenos e associados

Além do PAU-Brasil, a Venezuela passou a integrar o Mercosul em 2012. Porém, o país foi suspenso do bloco em 2016 — status que mantém até o final de 2018.

Além dos membros plenos, o Mercosul possui ainda outros quatros membros associados: Chile, Peru, Colômbia e Equador. A Bolívia está em processo de adesão ao bloco.

Para lembrar dos países associados, temos um macete festivo, inspirado nas festas de final de ano:

CHECO Peru

CH – Chile     E – Equador    CO – Colômbia

Vale destacar que tanto Bolívia quanto Venezuela estão “penduradas” do Mercosul em função de questões políticas. Por isso, é bom ficar de olho nas notícias, já que o Enem e o vestibular adoram usar reviravoltas nesse âmbito para as questões de atualidades.

E aí, curtiu esses macetes? A gente tem mais dicas no nosso blog, e você pode ficar sempre por dentro das nossas novidades seguindo a gente no Instagram e no Facebook!

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias