Game of Thrones: uma ajuda para revisar a literatura de cordel

Toda segunda-feira é a mesma coisa: entre os fãs de Game of Thrones, é impossível falar de outro assunto que não seja o episódio novo da série (pelo menos enquanto a nova temporada está no ar). Já que é difícil pensar em outra coisa, que tal aproveitar o entusiasmo e estudar um pouco de Literatura?

Em 2013, a ilustradora brasileira M. Steffens, assinando como Tenement Funster, criou estas imagens inspiradíssimas: capas para os livros de George R. R. Martin em estilo cordel. Que a gente saiba, ninguém se arriscou a recontar as sagas das famílias e personagens de Westeros em textos rimados, mas não seria má ideia. Já que uma característica das histórias de cordel é contar histórias de como um protagonista venceu, com inteligência, as adversidades, a sugestão não é tão maluca quanto parece! Veja o que diz a Wikipedia:

O herói sofrerá, vivendo em desgraça e martírio, sempre fiel ao seu amor ou às suas convicções, mesmo com as intempéries.

Que tal relembrar o que é literatura de cordel… em formato de cordel?

Leia uma reportagem com a ilustradora que criou as capas de GOT.

gameofthrones

Para saber mais sobre a literatura de cordel, vale visitar o site da Academia Brasileira de Literatura de Cordel. O vídeo abaixo é uma reportagem especial produzida pelo Globo Rural. É uma aula sobre o tema!

 

Veja todas as capas (clique nas imagens para ampliar):