Enem: conheça os critérios para a correção da redação

Uma das grandes novidades do Enem no ano passado foi a realização da prova em dois dias, com a redação no primeiro final de semana.

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável pela aplicação do Enem, a mudança se dá porque a redação “é importante elemento de composição” da nota final.

Correção de Redação +
Curso Completo

Assine o pacote Semestral por 6x R$ 11,70 e ganhe duas correções de redação por mês!

Experimentar 7 dias

 

A correção continua sendo realizada por dois professores, sem que um saiba a nota dada pelo outro, com média aritmética de ambas para chegar à nota final. A avaliação será de acordo com as mesmas cinco competências do último ano.

Zero e Direitos Humanos

O Enem aumentou o número de motivos pelos quais o estudante pode ter a nota zerada. Passam a zerar a redação:

  • Assinatura, nome, apelido ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante
  • Texto integralmente em língua estrangeira

O Manual de Redação do ano passado (clique aqui para baixar o PDF) também trás dois tópicos longos sobre é considerado “desrespeito aos direitos humanos” – um dos motivos que podem zerar a redação.

>> Conheça as cinco competências do Enem

“Pode-se dizer que determinadas ideias e ações serão sempre avaliadas como contrárias aos direitos humanos, tais como: defesa de tortura, mutilação, execução sumária e qualquer forma de “justiça com as próprias mãos”, isto é, sem a intervenção de instituições sociais devidamente autorizadas (o governo, as autoridades, as leis, por exemplo)”, diz o manual.

>> Veja 16 frases que zeraram a redação do Enem

Além disso, a cartilha cita “incitação a qualquer tipo de violência motivada por questões de raça, etnia,gênero, credo, condição física, origem geográfica ou socioeconômica; explicitação de qualquer forma de discurso de ódio (voltado contra grupos sociais específicos)”.

Planejamento e originalidade

Outro tema que a cartilha reforça aos estudantes é a originalidade do texto, incentivando o aluno a não ficar apenas nos textos motivadores. O repertório sociocultural é um dos critérios para atingir a pontuação máxima.

Planejar o texto é essencial para atingir os objetivos de três das cinco competências. O texto oficial sugere anotar ideias e pensar na relação entre elas, para construir progressivamente o raciocínio e escrever com coesão e coerência.

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias