Crise econômica no Brasil e como ela pode ser tema na redação no Enem 2016

Até quem tentasse não acompanhar o noticiário nacional não conseguiria ficar alheio à intensa movimentação política que marca o ano de 2016. Mas além do lado político, existe um forte componente econômico tanto no lado da causa como no da consequência dessa equação.

Segundo professores, existe uma boa chance de o Enem 2016 propor, como tema de redação, a crise econômica no Brasil.

Correção de Redação +
Curso Completo

Assine o pacote Semestral por 6x R$ 11,70 e ganhe duas correções de redação por mês!

Experimentar 7 dias

A indústria responde por mais de 25% do PIB brasileiro. Por isso, conhecer a história da industrialização no país é essencial para conseguir relacionar os aspectos da crise econômica na hora da redação do Enem. Na videoaula abaixo, o professor Marcelo da Silva faz o panorama dos principais acontecimentos que se somaram para a conjunção atual.

marcelo-ind-bras

O aspecto político tem, sim, influência sobre o processo de crise. Tanto no histórico econômico do país, desde o período colonial, quanto nas ações que podem reverter a situação atual. Não é à toa que se fala em “política econômica” e que existem partidos que trazem já na sigla a indicação de sua corrente de pensamento.

Leia também:
Para fazer uma boa redação é essencial entender de direitos humanos
Como se mede o Índice de Desenvolvimento Humano?
Economia compartilhada: a revolução no consumo de bens e serviços

Incentivos fiscais, empresas públicas, privatizações, taxa básica de juros. Essas palavras, frequentes no noticiário, referem-se a ações do governo para regular a economia, corrigir problemas, implementar o crescimento. Abra o jornal e observe também como essas informações normalmente vêm associadas com dados de séries históricas de indicadores, referências com outras nações ou estados em situação melhor (ou pior), ou mesmo comparações entre governantes, ministros, planos.

É por esses motivos que conhecer o histórico econômico do país pode ser essencial para escrever uma boa redação. Na sua garagem, se você tem carro, há um veículo brasileiro? Talvez fabricado no Brasil, mas cuja marca é alemã, americana, japonesa ou sul-coreana, na maior parte dos casos. Por quê? A marca do seu celular ou do seu computador é nacional? Na sua geladeira, os produtos têm muitas marcas diferentes ou vários têm o mesmo rótulo, de um grande conglomerado? O supermercado que você frequenta faz parte de uma rede? Esses indícios do dia-a-dia são, também, reflexo das políticas econômicas adotadas ao longo dos cinco séculos de história do país.

Para melhorar sua redação:
Como usar o título da redação para subir a sua nota
Os 5 erros que você não pode cometer em uma redação
Pratique com as nossas dicas de Temas de redação

Você pode relacionar as decisões antigas com as atuais, políticas e econômicas, para argumentar em favor de uma ou outra visão. Pode colocar o reflexo que diferentes ideais tiveram no IDH, na geração de emprego, no desenvolvimento das cidades (segundo o IBGE, 84% da população brasileira vive em áreas urbanas), na expansão agrária, ou mesmo em conflitos por bens e por direitos.

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias