Como usar o título da redação para subir a sua nota

Imagine você sentado em uma cadeira por horas corrigindo centenas de redações de vestibular. Por mais que o avaliador seja apaixonado pelo que faz, certamente deve haver um momento em que ele cansa de ler os inevitáveis clichês.

E por mais que nos esforcemos, nem sempre dá para ser totalmente original – principalmente no título da redação, feito depois de estamos esgotados de tanto escrever.

Correção de Redação +
Curso Completo

Assine o pacote Semestral por 6x R$ 11,70 e ganhe duas correções de redação por mês!

Experimentar 7 dias

Não há nada de muito grave em usar lugares-comuns no título. A estrutura, os argumentos e o bom português no texto prevalecem. No entanto, quando um título capta a atenção do corretor – que, como dissemos, está inundado de redações -, as chances de ele olhar com mais carinho para a sua prova aumentam. Nem todos os exames pedem título (no Enem, por exemplo, ele é opcional), mas algumas abordagens podem ajudá-lo vender bem o seu texto antes mesmo de começá-lo.

Logo abaixo nós listamos quatro, mas antes lembramos: para redação, mais que o título, o ideal é treinar bastante. Nossos assinantes do Plano Anual de apenas R$ 9,90 por mês têm direito a uma correção de redação mensal. Assim, você pode praticar ao longo do ano e ir melhorando os aspectos que nossos professores indicarem, para chegar na prova super craque e marcar um golaço na redação!

Vamos aos pontos:

1) Nada muda com relação a ordem cronológica das coisas: o título deve ser feito por último. Só que quando a gente fala por último, nós queremos dizer que você só deve inseri-lo depois de repassar toda a redação a limpo. Assim você, além de ganhar mais tempo, consegue amadurecer sua ideia de título.

2) Ao contrário do que parece, o verbo não é essencial. Tudo bem que ele dá sentido de ação, mas nunca em nenhum vestibular da história (isso é uma hipérbole, ok?) alguém obrigou o vestibulando criar um título verbalizado. O segredo aqui é, como ou sem verbos, partir para os fatos. Prefira frases objetivas e sintéticas, como Uma violência contra todos – título que poderia ser usado na última redação do Enem sobre violência contra mulheres.

3) Se você usar o espaço do título para escrever o tema em outras palavras há um grande risco do corretor bocejar. Se o tema é violência contra a mulher, jamais intitule seu texto de A violência contra a mulher. Se está difícil, olhe com carinho para a sua conclusão. Se o texto estiver redondinho, pode ser que a frase brote de lá.

4) Antes falávamos do lugar-comum. Como dissemos, fugir dele nem sempre é possível, mas aqui vai uma dica valiosa: depois de deixar o título por último, optar por uma frase reta e evitar repetir o tema no título, tente inovar um pouco. As figuras de linguagem (metáforas e metonímias são ótimas opções!), quando bem casadas com a estrutura do texto, podem sofisticar e, de quebra, ganhar uma estrelinha do corretor.

Melhor forma de atingir a perfeição no título? Treino, treino e treino. Vá com fé, ainda estamos no começo do ano 😉

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias