Não curte Matemática mas quer aprender a gostar? Nós daremos uma força!

Ah, a matemática… Talvez a disciplina que mais gere amor e ódio nos estudantes. Uma das coisas complicadas dessa matéria é que, se você está em busca de uma vaga difícil, não pode se dar ao luxo de não a estudar bem.

Os exames são preparados para que não só o conhecimento sobre o conteúdo seja demonstrado, mas principalmente avaliar o seu raciocínio lógico.

Prepare-se para o Enem 2019!

Receba aulas, dicas e temas de redação para a próxima prova

* preenchimento obrigatório
 

Plano de Estudos para o Enem 2019

Saiba o que estudar a cada semana em uma agenda organizada e fácil de usar. Mais fácil que isso, só a agenda do tempo de colégio 😉 Veja o cronograma

Não há caminho fácil para você desenvolver essa habilidade, mas há formas de afiná-la sob medida para o dia do exame. Se você quer aprender a gostar de matemática, dê uma olhada nas dicas que separamos!

Tenha um método

É importante que você organize qual será o seu plano de estudos para começar a pensar nos conteúdos principais. Faça uma lista do que será estudado e dedique um tempo para cada tema.

Você precisa saber exatamente quais são os assuntos que deve dominar antes de fazer alguma prova. Em relação à matemática, cada vestibular tem suas características, mas no contexto geral são cobrados:

  • funções trigonométricas;
  • progressões aritméticas e geométricas;
  • cálculo de perímetro, área e volume;
  • análise combinatória;
  • probabilidade;
  • logaritmos;
  • polinômios;
  • seno, cosseno e tangente;
  • teorema de Pitágoras;
  • equações do 1º e 2º graus;
  • sólidos geométricos.

>> Confira os conteúdos de Matemáticas mais cobrados no Enem!

Esses não são todos os conteúdos da disciplina, mas são aqueles que você precisa, necessariamente, dar uma atenção especial. São, por exemplo, os temas mais recorrentes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Uma dica interessante é você experimentar a técnica pomodoro para planejar melhor o seu tempo de estudo em cada área e o conteúdo ser melhor assimilado na mente.

Utilize um ambiente confortável para estudar, pois isso será um fator imprescindível para efetividade da assimilação. Alimentar-se de forma saudável e respeitar as pausas são recursos imprescindíveis para a cabeça relaxar um pouco e você manter o bem-estar e a racionalidade.

Faça exercícios

Procure simulados de anos anteriores dos principais vestibulares do país e tente resolvê-los. A repetição é fundamental para que o conteúdo seja compreendido. Será possível acompanhar a evolução do desempenho ao longo do tempo por meio de exercícios similares.

Com uma rotina periódica de horas dedicadas à matemática, você vai se dará conta de que muitos exercícios são interpretativos, valendo-se de dados em gráficos e tabelas.

Esse tipo de questão não costuma ser difícil, mas ganha tempo quem tem um raciocínio visual aguçado. A melhor forma de entender gráficos é estudar por meio de ferramentas ilustrativas, como os mapas mentais.

Não é assinante?

Estude com a gente!

Opte por exercícios resolvidos. Existe uma infinidade disponível na internet que te ajudarão, com a explicação da questão, a entender quais são as suas dificuldades e em quais aspectos precisa melhorar.

Mude certos paradigmas

Ficar colocando na cabeça que a matéria é difícil e que não conseguirá, definitivamente, não ajuda em nada. Nosso cérebro tem um poder incrível de absorver um grande número de conhecimentos.

Não duvide de suas capacidades e mude o seu comportamento perante as questões que acha difíceis. Afinal, com dedicação, foco e estudo, aquilo que parece impossível torna-se menos complicado, não é mesmo?

A mudança de hábitos é primordial para alcançar os resultados esperados. A partir do momento que colocar na cabeça que você consegue aprender matemática, o conteúdo tende a ficar mais claro.

Conte com a ajuda da tecnologia

Atualmente, estudar para alguma prova ficou bem mais tranquilo por conta da tecnologia. Vídeoaulas no Youtube, aplicativos de celular, podcasts, cursos online, entre outras ferramentas são bem utilizadas pelos vestibulandos.

A tecnologia é uma realidade deste século e um recurso que pode ser utilizada a favor dos estudantes. Quando você vê uma aula online em que o professor parece explicar se divertindo, por exemplo, a matéria é assimilada de maneira bem mais efetiva.

Outro recurso que pode ser aplicado é utilizar as redes sociais para participar de grupos com a finalidade de aprender matemática. Quando você estuda com uma galera empenhada no mesmo propósito as coisas tendem a fluir mais.

Não é assinante?

Estude com a gente!

Jogue e se divirta com a matemática

Sim, é possível aprender brincando! Vários games possuem regras e formatos que nos fazem lembrar da matemática. Jogos de tabuleiro, quebra-cabeça e sudoku e vários outros jogos são exemplos que você pode praticar.

Estimular a mente por meio de brincadeiras faz com que o aprendizado seja mais rico, deixando a resolução de exercícios mais simples. Sua mente estará condicionada a uma lembrança boa daquela matéria, fazendo com que a memória seja efetivamente ativada para lembrar.

Jogos online também são interessantes e remetem também ao que dissemos anteriormente sobre tecnologia. Você pode experimentar os de enigma matemático para testar seu raciocínio lógico, por exemplo.

Use o entretenimento

Está procurando indicações de filmes porque não sabe o que escolher? Há também aquele conteúdo de matemática para estudar… que tal então unir o útil ao agradável?

Existem filmes que abordam os temas matemáticos de uma maneira mais leve e ajudam os estudantes a compreenderem melhor algumas situações. Vários professores de cursinho pré-vestibular recomendam fazer esse tipo de analogia com as produções visuais.

Algumas boas recomendações que você pode assistir são:

  • Quebrando a banca;
  • A sala de Fermat;
  • O preço do desafio;
  • Gênio indomável;
  • O homem que viu o infinito;
  • Uma mente brilhante;
  • O jogo da imitação;
  • Flatland;
  • Pi;
  • Donald no país da matemática.

Para quem prefere os seriados de TV, boas dicas para desfrutar sobre o assunto matemático você encontrará de forma inteligente, e muitas vezes irreverente, em The Big Bang Theory e Numb3rs.

Aprenda por meio da música

Você sabia que conhecer os princípios básicos das teorias musicais facilitam bastante na hora de estudar os números?

Música é pura matemática! É possível observar isso na contagem dos compassos, na divisão das notas, nos ritmos e nas melodias. Pitágoras não foi um grande ícone matemático à toa, ele aprendeu e ensinou muitas coisas por meio da música também.

Ele observou, brincando com uma corda esticada, que se tocasse nela era produzido um tipo de som e foi testando outras notas, subdividindo essa corda. As escalas musicais que temos hoje são uma grande contribuição pitagórica e a proporção áurea de Fibonacci já foram inspiração para muitos compositores.

Não deixe, em hipótese alguma, o conteúdo acumular. Se isso acontecer, planeje-se para reorganizar os estudos. Por serem extremamente cansativos, os assuntos precisam ser digeridos aos poucos. Esse é caminho para aprender a gostar de matemática.

Na hora da prova, jamais fique derrapando em uma questão que você está em dúvida. Gaste o tempo nos itens que já sabe. Se possível, dedique-se aos grandes desafios.

E aí, ajudamos? Ficou com alguma dúvida e quer conversar com a gente? Fique à vontade para entrar em contato conosco. Escreva-nos no Facebook ou em nosso site, será um prazer trocar ideias com você!

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias