Como fazer conclusão da redação? Inspire-se!

A conclusão de redação pode parecer assustadora se você não sabe como fazê-la. Ela é o encerramento do texto, depois que você já deu todas as explicações.

Na conclusão você retoma a tese desenvolvida por meio de argumentos no decorrer do texto para, então, finalizá-la. Independentemente de o tipo textual solicitado ser uma dissertação argumentativa ou um outro gênero textual, como um artigo de opinião, por exemplo, a conclusão precisa ser pensada e escrita com cuidado, para não “estragar” o trabalho dos parágrafos anteriores.

Correção de Redação +
Curso Completo

Assine o pacote Semestral por 6x R$ 11,70 e ganhe duas correções de redação por mês!

Experimentar 7 dias

Se você vai fazer a redação do Enem ou de algum vestibular em que seu texto é critério básico para uma boa nota, preste muita atenção nessas dicas!

Insira o tema-chave do texto

O tema de sua redação deve ser retomado dentro da conclusão. Você já falou dele no seu texto e apresentou argumentos para fortificar suas considerações sobre o assunto. Agora chegou o momento de mostrar o que se concluiu dele.

Lembre-se de que você não deve repetir o que já disse, se não vai acabar redundante e é capaz de ficar com pouco espaço. Mas é importante que você mostre a relação entre tudo o que você falou até aqui e suas ideias finais.

Conecte o final com o restante

Quando tiver certeza de que o tema foi bem argumentado e não houver mais nada a ser acrescentado, é porque realmente chegou a hora de finalizar sua redação. Você vai saber disso baseando-se no esquema que fez antes de começar a escrever.

Para começar o parágrafo final, você pode seguir dicas de expressões prontas. Elas indicam ao leitor que você quer concluir as ideias tratadas até ali. Veja alguns delas:

  • “Dentro dessa perspectiva…”;
  • “Considerando esses aspectos…”;
  • “Em virtude dos fatos mencionados,…”;
  • “Dessa maneira…”
  • “Considerando o que foi observado…”

Você também pode começa sua conclusão diretamente, trazendo o tópico conclusivo. É mais difícil, pois exige que a primeira frase indique claramente ao leitor que você está partindo para o fim. Por exemplo: “Para resolver a questão, é necessário…” ou “Deve-se buscar alternativas para que o problema…”.

Enfim, para fazer uma conclusão que seja coerente, além das retomadas, você precisa ligar os pontos e fechar o assunto de maneira com que seu texto faça sentido. Ou seja, deve falar sobre o que explicou, em vez de trazer ideias novas que vão deixar o leitor “boiando”.

Inspire-se na regra dos 3Ps

Algumas regras podem ser utilizadas na hora de fazer uma redação de vestibular ou Enem. Entre elas, a dos 3Ps: Propósito, Problema e Possibilidades.

Propósito pode ser traduzido como proposta também, ou seja, o motivo de você abordar o assunto. Normalmente, aparece na introdução.

Problema é o desenvolvimento, é você dando sua opinião e suas justificativas. Argumentar, lembre, sempre existe trazer razões para o que você pensa e por que pensa dessa ou daquela maneira.

Não é assinante?

Estude com a gente!

Possibilidades, assim, vão aparecer na conclusão. Depois de convencer o leitor de que você sabe sobre o assunto que escreveu, é preciso indicar o que fazer com essas informações. Uma das formas de fazer isso é trazer propostas de intervenção para que os problemas sejam resolvidos e/ou as soluções sejam aplicadas.

Vale reforçar que não adianta só dizer o que fazer. Diga que pessoas ou instituições serão responsáveis por aplicar suas ideias, como elas vão fazer isso, qual o efeito esperado dessas medidas.

Evite finalizar com senso comum

Sua tese foi defendida durante todo o texto e, para finalizar, é preciso propor uma intervenção, seja do governo, de ONG’s ou de outros tipos de grupos que fazem trabalhos sociais. No caso do Enem, é obrigatório indicar o que fazer para resolver o problema – corresponde aos 200 pontos da Competência 5.

Porém, você não deve fazer propostas de senso comum. “O governo precisa investir mais”, “é preciso educar as crianças”, “as pessoas devem se conscientizar” são ideias que todo mundo tem. Mas você precisa detalhar suas ideias para que elas não fiquem como a de todo mundo. É, mais do que isso, precisa relacionar essas propostas de intervenção ao que você argumentou no texto.

Por fim, nunca é demais lembrar que as maneiras de concluir sua redação podem mudar de acordo com o gênero textual exigido. Por isso, a leitura do edital da prova é indispensável para não faltar nada no seu texto.

Já precisou de alguma dessas dicas para fazer uma conclusão de redação? Conte para a gente nos comentários!

Assine nosso Curso Completo

Opções de pagamento no cartão de crédito ou no boleto, em até 12x! Experimentar 7 dias