Carboidratos

Aula exclusiva para assinantes

Assine o Vestibular.com.br e tenha acesso ao melhor conteúdo para vestibulares e Enem.

Experimente 7 dias grátis

Os carboidratos, também chamados de glicídios ou açúcares, servem como fonte e reserva energética, além de compor a estrutura dos ácidos nucleicos e formar as estruturas dos seres vivos. Podemos classificá-los da seguinte forma:

1. Monossacarídeos: formados por uma molécula que contém de três a sete átomos de carbono, além de átomos de hidrogênio e oxigênio. Os mais conhecidos são as pentoses (como exemplos podemos citar a ribose e a desoxirribose, presentes no RNA e no DNA, respectivamente) e as hexoses (glicose, galactose e frutose são exemplos).

2. Oligossacarídeos: formados por pelo menos dois e no máximo dez monossacarídeos, unidos através das chamadas ligações glicosídicas. A lactose, por exemplo, surge da união de glicose e galactose, dois monossacarídeos. Outros exemplos são a maltose e a sacarose. Como o organismo humano não consegue absorver os oligossacarídeos ingeridos, estes são quebrados por enzimas, resultando em monossacarídeos e permitindo, assim, a absorção de energia.

3. Polissacarídeos: formados por grandes cadeias de monossacarídeos. Desempenham as funções de reserva energética (amido e glicogênio são os principais exemplos) e estrutural (são exemplos a quitina e a celulose).