Calor latente e Mudança de fase

Esta aula é gratuita!

Basta fazer seu cadastro para ter seu acesso ao melhor conteúdo para vestibulares e Enem.

Calorimetria estuda a transferência de calor. Um dos efeitos do calor sobre uma substância é a mudança de estado físico. O calor latente é um valor específico para cada substância que indica quanta energia (calor) ela necessita para passar de um estado ao outro. O calor latente (L) é medido em cal/g ou J/kg. As mudanças de estado físico são chamadas fusão, vaporização, sublimação, condensação, liquefação e solidificação. A vaporização divide-se, ainda, entre evaporação (passagem lenta, como ocorre com as roupa que secam no varal), ebulição (quando se fornece energia até a matéria atingir a temperatura mínima de vaporização, como a chaleira no fogão), e calefação (no contato com fonte de calor já acima da temperatura, como quando a água cai em uma chapa quente).

A pressão influencia no processo, sendo diretamente proporcional à temperatura. Para substâncias que têm dilatação anômala – ou seja, na fusão diminuem o volume quando se aumenta a temperatura -, a relação é inversa; são exemplos água, ferro, bismuto. No diagrama de fases é possível observar essa relação de pressão e temperatura. Note-se que ele apresenta o ponto triplo, em que a substância encontra-se nas três fases (nos três estados físicos) ao mesmo tempo, e o ponto crítico, que divide o estado gasoso em vapor e gás. O vapor volta para o líquido ou sólido só variando a pressão; com o gás, é preciso haver mudança de temperatura.